Vacina contra Covid-19 BA 2021 – Cronograma e Quem Pode Vacinar

Categorias: 2021 - Coronavírus - Notícias - Saúde

Veja aqui mais detalhe sobre a vacinação contra o Coronavírus no estado da Bahia.



O estado da Bahia recebeu cerca de 370 mil doses CoronaVac e a expectativa é que nessa primeira fase da campanha de vacinação contra a Covid-19, 188 mil baianos sejam imunizados, mas o processo começará com as pessoas que estão nos grupos de risco.

Desde a última terça-feira (19) que parte da população da Bahia vem sendo vacinada e a primeira aplicação foi no santuário das Obras Sociais Irmã Dulce, em uma cerimônia simbólica que deu início à campanha no estado.

A questão é que esta vacina precisa ser aplicada em duas doses, por isso um número reduzido de pessoas será imunizado agora, mas a expectativa é que a vacinação continue no decorrer de todo ano, confira as principais dúvidas a respeito da campanha na Bahia.

Os vacinados nesta primeira etapa: cerca de 188 mil baianos serão imunizados agora, mas somente quem é de grupos prioritários receberão o imunizante. Trabalhadores da área de saúde, pessoas com mais de 70 anos e aqueles com mais de 60 que moram em asilos, além dos indígenas e comunidades ribeirinhas estão nesse grupo de prioridades.



Quantas doses serão aplicadas: a CoronaVac precisa ser aplicada em duas doses para que realmente tenha efeito e assim o organismo consiga produzir anticorpos para combater o novo coronavírus. O intervalo entre a primeira e a segunda dose é em média de três semanas, sendo que só em Salvador cerca de 45 mil pessoas estarão sendo imunizadas nesta primeira etapa.

Quando os outros grupos serão vacinados: a prioridade agora é vacinar as pessoas desse grupo de risco, enquanto que as outras ainda não possuem previsão de quando terão acesso ao imunizante. Vale lembrar que por enquanto não há vacina suficiente nem para vacinar todos que têm direito nesta primeira etapa, por isso toda população deve continuar tomando os devidos cuidados, mesmo quem já foi vacinado.

Vacinação dos idosos: em salvador as pessoas com mais de 75 anos serão vacinadas nesta primeira etapa, assim como aqueles que têm 60 anos ou mais e moram há muito tempo em instituições. Mas as doses não serão suficientes para todos agora, por isso muitos precisarão continuar esperando.

Qual vacina será aplicada: a Anvisa já autorizou o uso de dois imunizantes no Brasil, porém, é a CoronaVac que está sendo distribuída na Bahia, este imunizante foi desenvolvido em uma parceria do laboratório Sinovac com o Instituto Butantan. A vacina de Oxford também já foi aprovada, só que ainda não há doses disponíveis para serem distribuídas.

Fases de vacinação: esta primeira etapa é voltada para os profissionais da área de saúde, idosos com mais de 75 anos, pessoas com mais de 60 anos que moram em instituições, indígenas, comunidades ribeirinhas e aldeados. Na segunda fase serão vacinadas as pessoas de 60 a 74 anos de um modo geral. Na terceira etapa a vacina será destinada a quem tem comorbidades crônicas, além dos obesos e transplantados. A quarta e última fase visa vacinar os profissionais da área de educação, membros das forças armadas, funcionários do sistema carcerário, além dos presos, quem trabalha com transporte coletivo, carga pesada, entre outros.

Documentos para ser vacinado: aqueles que pertencem a grupos de risco não precisam se preocupar porque serão informados a respeito da vacinação e não precisarão apresentar documentos, apenas comprovarem que fazem parte do grupo prioritário. Mas todos devem informar o número do CPF ou do Cartão Nacional de Saúde porque serão cadastrados no sistema do Ministério Público.

É preciso agendar: muitas pessoas estão sendo enganadas com mensagens pelo WhatsApp, onde o golpista diz para clicar em um link e fazer o agendamento para ser vacinado. Quem receber mensagens assim deve deletar imediatamente porque não está sendo feito agendamento para receber a vacina contra a Covid-19.

Por Russel



Outros Conteúdos Interessantes