Vacina Contra Coronavírus em Alagoas 2021 – Quem Pode se Vacinar

Categorias: 2021 - Coronavírus - Notícias - Saúde

Confira aqui as principais informações sobre a vacinação contra o coronavírus no estado de Alagoas.

No estado de Alagoas, a vacinação contra a Covid-19 foi iniciada nessa terça-feira, dia 19. No primeiro lote de vacinas o estado recebeu 70.080 doses da Coronavac. A vacina é produzida pelo Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac.



A seguir, você confere alguns dos principais pontos sobre o processo de vacinação no estado. Acompanhe!

Como será a primeira etapa de vacinação em Alagoas?

O grupo prioritário no estado é formado por profissionais que estão trabalhando na linha de frente de combate a pandemia; pessoas idosas com 60 anos ou mais e que residam em asilos ou abrigos; indígenas aldeados.

Quantas doses serão aplicadas em cada pessoa?

A Coronavac requer que cada indivíduo tome duas doses da vacina. O espaço entre uma e outra é de 15 a 20 dias.



Existe previsão para a vacinação dos demais grupos?

Ainda não existe detalhamento sobre esse ponto. De acordo com o governo do estado, o planejamento para essa última etapa será feito conforme as doses posteriores forem entregues. Lembrando que a distribuição está a cargo do Ministério da Saúde.

Quando ocorrerá a vacinação dos idosos?

O plano de vacinação dispõe que idosos com 60 anos ou mais, que morem em asilos ou abrigos, sejam vacinados na primeira fase. Demais integrantes desse grupo deverão aguardar a chegada de mais doses ao estado e serão vacinados na segunda fase.

Por que é a Coronavac a ser a vacina aplicada?

Até o momento, apenas duas vacinas obtiveram aprovação para uso emergencial no Brasil por parte da Anvisa. A Coronavac, desenvolvida pelo Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac é a única que já estava pronta para ser usada no país.

A vacina de Oxford, desenvolvida no Brasil em parceria com a Fiocruz, ainda não está disponível. Um dos principais entraves é a falta de insumos para a fabricação das doses. A própria entidade aponta que apenas em março deverá começar a produzir.

Primeira vacinada

No estado de Alagoas, a primeira pessoa a ser vacinada foi Marta Antônia Lima, de 50 anos. A profissional trabalha na linha de frente de combate a pandemia no Hospital da Mulher. A cerimônia simbólica de lançamento da campanha foi realizada no Hospital Metropolitano, em Maceió. O secretário de saúde do estado, Alexandre Aires, assim como o governador Renan Filho, estiveram presentes.

Produção das vacinas

Tanto o Alagoas como os demais estados do país ainda enfrentam incertezas para as próximas fases de vacinação. O Instituto Butantan ainda não recebeu os insumos da China para a fabricação de mais um lote da Coronavac.

O governo federal diz que tem levado essa questão com bastante seriedade. Lembrando que além da Coronavac, a vacina de Oxford também teve sua produção em território nacional prejudicada pela falta insumos.

Inicialmente, o recebimento dos insumos denominados de IFA, sigla para “ingrediente farmacêutico ativo”, estava previsto para janeiro. O Butantan informa que a previsão é de que chegue até o final do mês, mas existe a possibilidade de atrasos. A Fiocruz ainda deverá esperar mais tempo.

Sobre as 2 milhões de doses da vacina de Oxford fabricada na Índia, também houve problemas: o país decidiu fazer a entrega para diversos outros países, mas não incluiu o Brasil. A expectativa é de que respostas mais detalhadas sobre essa questão surjam nos próximos dias.

Importante

A vacinação é de extrema importância para a prevenção e controle da pandemia do novo coronavírus. É necessário ter cuidado, checar as informações recebidas e procurar se informar em fontes seguras e confiáveis. Se possuir alguma dúvida em relação à vacina ou se pode ou não tomar, converse com seu médico.

Por Denisson Soares

Please follow and like us:


Outros Conteúdos Interessantes