Vacinação Contra Covid no Brasil 2021 – Etapas e Quem Pode Vacinar

Categorias: 2021 - Coronavírus - Notícias - Saúde

Confira aqui as principais informações sobre a vacinação contra a Covid-19 aqui no Brasil.

Após muita expectativa, a vacina contra a Covid-19 finalmente chegou ao Brasil. A partir de agora, o Governo está se organizando para realizar as primeiras etapas da vacinação. É de amplo conhecimento que as primeiras pessoas a serem vacinadas são aquelas que pertencem ao grupo de risco, como profissionais da área de saúde e idosos, mas ainda há dúvidas sobre como esse processo será realizado.



Para sanar esse e outros questionamentos, preparamos este post com todas as informações sobre quem vai ser vacinado, quando e de que forma. Com isso, você garante a sua segurança e a da sua família. Quer saber mais? Confira!

Quando vai começar a vacinação?

A entrega das vacinas aos estados brasileiros foi realizada no dia 18 de janeiro. Inicialmente, a primeira fase da vacinação iria começar na quarta-feira, mas os governadores optaram por antecipar esse prazo. Assim sendo, a campanha de vacinação contra a Covid-19 começou na última terça-feira (19), a partir das 14h.

Todavia, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, mudou o prazo novamente, uma vez que as vacinas chegariam aos estados até 14h. Desse modo, ele definiu que a vacinação fosse iniciada às 17h do mesmo dia da sua chegada em cada localidade.



Quantas pessoas vão ser vacinadas na primeira etapa?

De acordo com o Ministério da Saúde, com o lote de vacinas adquiridas será possível imunizar 2.854.560 pessoas, levando em conta uma perda 5% das doses da vacina.

Além disso, as doses foram divididas proporcionalmente entre os estados, tendo como base as suas respectivas populações. Nesse contexto, foram destinadas 337.332 doses para o Norte, 683.924 doses para o Nordeste, 357.821 doses para o Sul, 1.202.090 doses para o Sudeste, e 273.393 doses para o Centro-Oeste.

Quem serão os primeiros vacinados?

No dia 17 de janeiro, o Governo informou que os primeiros vacinados vão ser os trabalhadores da área da Saúde. Nesse primeiro momento, será viável imunizar cerca de 34% deles. Também será vacinada a população indígena, idosos a partir de 60 anos e pessoas com deficiência.

Dentre todos os grupos apresentados, a maior quantidade de vacinas será direcionada para os profissionais que atuam na linha de frente ao combate ao coronavírus, o que consiste em 2.2 milhões de doses em todo o território nacional. Na sequência, serão 423 mil doses para indígenas, 6 mil desses para pessoas deficientes e 156 mil doses para idosos.

Segundo o plano nacional de imunização divulgado em dezembro de 2020, a segunda etapa é voltada para a imunização de pessoas de 70 a 74 anos, mais pessoas de 65 a 69 anos, e pessoas de 60 a 64 anos. Enquanto a terceira etapa contempla as pessoas com algum tipo de comorbidades, como doença pulmonar, hipertensão e diabetes. Esse grupo representa em torno de 12,6 milhões de cidadãos brasileiros.

A quarta etapa da imunização envolve os professores, compreendendo 2,3 milhões de profissionais, funcionários do sistema prisional que contém 144 mil pessoas, e membros das forças de segurança e salvamento que tem 850 mil participantes.

Como receber a vacina?

Aqueles que pertencem aos grupos que serão vacinados devem ficar atentos aos alertas do seu estado e prefeitura. Na maioria das regiões, será necessário fazer um pré-cadastro no site da prefeitura, o que tem o objetivo de evitar aglomeração nos postos de saúde.

Dessa forma, você deverá comparecer ao local em que a vacina será aplicada na data e horário definidos para o seu grupo de imunização. Para tanto, é preciso levar consigo um documento pessoal e o cartão do SUS. Vale ressaltar que a vacinação é totalmente gratuita, sem a necessidade de arcar com qualquer quantia em dinheiro, qualquer tentativa de cobrança deve ser considerada golpe.

Simone de Paula Leal



Outros Conteúdos Interessantes