Brasileirão Série A 2019 – Chances de Rebaixamento para Série B



Confira aqui as chances de rebaixamento dos times para a Série B após a 32ª rodada do Brasileirão Série A 2019.

O Campeonato Brasileiro está na reta final, com o campeão quase definido e a briga pelo rebaixamento promete incendiar nas últimas rodadas.

Após os jogos do final de semana da rodada 32 do Brasileirão, o Flamengo ficou ainda mais perto do título de campeão brasileiro de 2019, enquanto na parte de baixo da tabela, clubes como Avaí e Chapecoense estão com um pé já na série B de 2020.



Após a derrota por 3 a 0 para o Vasco no último domingo, o CSA também encaminhou o seu rebaixamento para a segunda divisão, antes do jogo as chances de rebaixamento do time alagoano era de 70%, com o fracasso em casa a chance subiu para 90%.

Enquanto o time vascaíno merece uma menção honrosa, por ter saído de uma campanha pífia até a chegada do técnico Vanderlei Luxemburgo, que mudou totalmente o panorama do clube e agora briga por uma vaga na Sul-Americana.

Guerra entre cariocas contra a degola

Botafogo e Fluminense protagonizam há algumas rodadas uma briga intensa contra o rebaixamento, o sobe e desce da tabela é frequente e o Botafogo tem a chance de colocar o seu rival na zona de rebaixamento, caso vença o Avaí nessa segunda-feira.



O clube das laranjeiras apresenta 37% de chance de ser rebaixado, mesmo estando fora da zona de rebaixamento, enquanto o Fogão tem 26% de possibilidade de jogar a temida série B no ano que vem.

A assombração no Ceará

Os cearenses também não tem sossego quando o assunto é segunda divisão, isso porque os seus dois representes, Ceará e Fortaleza também brigam contra o rebaixamento, mas em uma situação mais favorável em relação aos colegas cariocas.

Ceará e Fortaleza têm, respectivamente, 14 e 2 por cento de chances de serem rebaixados.

Rebaixamento de Minas?

De fato o Cruzeiro não teve um ano fácil, devido a tantos escândalos que assombraram o clube durante 2019, e mais uma assombração está rondando a toca da raposa: o rebaixamento.

E esse temor se intensifica, pois o Cruzeiro tem 29% de chances de cair e nunca foi rebaixado a série B em toda sua história, seria mais um fato nada interessante para a história de 98 anos do clube.

O seu rival direto também não está em bons lençóis durante 2019, mas a situação é de longe mais confortável do que a do Cruzeiro. O Atlético Mineiro possui 1% de chance de cair, fato que não assusta muito, pois outros clubes grandes também tem a mesma chance dos atleticanos, como Vasco e Goiás.

Abaixo apresentamos todos os dados dos clubes que ainda possuem alguma chance de disputar a segundona em 2020:

  • Avaí – 99,999%
  • Chapecoense – 99,93%
  • CSA – 90,9%
  • Fluminense – 36,4%
  • Botafogo – 28,6%
  • Cruzeiro – 22,7%
  • Ceará – 18,1%
  • Fortaleza- 2,0%
  • Atlético-MG – 1,0%
  • Vasco da Gama – 0,080%
  • Goiás – 0,064%
  • Bahia – 0,022%

Panorama geral do rebaixamento

Em um cenário geral, podemos praticamente cravar o rebaixamento de Avaí e Chapecoense, até porque os números não mentem e as equipes catarinenses não apresentam melhora expressiva no decorrer do campeonato para mostrar força de reverter o quadro.

O CSA corre por fora, mas é mais um time que não deve escapar da série B do ano que vem, sendo assim, a última impiedosa vaga para a segundona deverá ser disputada entre todos os outros clubes que ainda apresentam chances, podemos citar alguns clubes que estão na lista por mera formalidade e escaparão da degola com facilidade, como Vasco, Goiás e Bahia.

A disputa intensa entre os times cariocas é o que promete render bons capítulos até a última rodada, o Fluminense leva uma leve vantagem em relação a força dos times que enfrentará nesse reta final, enquanto o time de Alberto Valentim pegará adversários mais difíceis.

Tabela dos adversários de cada clube abaixo:

Fluminense

  • Atlético-MG – CASA
  • CSA – FORA
  • Palmeiras – CASA
  • Avaí – FORA
  • Fortaleza – CASA
  • Corinthians – FORA

Botafogo

  • Athletico-PR – FORA
  • Corinthians – CASA
  • Chapecoense – FORA
  • Internacional – CASA
  • Atlético-MG – FORA
  • Ceará – FORA

Enquanto isso o Cruzeiro, terá de suar contra CSA e Avaí, para espantar pra longe a degola. O caminho do time mineiro não é fácil, mas os números favorecem pela probabilidade ser menor do que Flu e Botafogo.

O sobe e desce do Brasileirão 2019 promete não parar até a última rodada e com certeza ainda teremos bons jogos na parte de cima e de baixo da tabela.

Texto de João Pedro Ludgerio



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *