Uber – Nova Cobrança de Taxa Extra por Tempo de Espera



Mudança tenta diminuir o tempo de espera do motorista até a chegada do cliente.

Criada em 2009, a UBER já tem 10 anos de existência. Mas está no Brasil há apenas 5 anos, tendo chegado ao país pelo Rio de Janeiro, em maio de 2014. Chegou a São Paulo em junho de 2014. Nesses mais de 5 anos em operação no país, a UBER já se tornou o meio de transporte mais utilizado por boa parcela da geração dos Millenials (nascidos entre 1980 e 1996). O serviço oferece “caronas” remuneradas por preços mais baixos do que os táxis convencionais.

Taxa extra?

A empresa busca continuamente melhorar a comunicação e a interação entre motoristas e passageiros, dando dicas e promovendo promoções para ambos. Mas uma medida não está agradando muita gente em 2019: uma taxa extra por tempo de espera do motorista.



Do que se trata?

A taxa se trata de uma tentativa de diminuir o tempo que alguns motoristas ficam esperando o passageiro, já que muitos passageiros chamam o UBER e demoram muito para sair de casa, da empresa ou de onde estiverem. O passageiro recebe uma notificação referente à cobrança da taxa quando o tempo de espera se aproxima dos 5 minutos.

Mas a taxa já era cobrada!

Quem mora na cidade de São Paulo sabe que já havia uma taxa fixa de R$ 7 a mais depois de um atraso de cinco minutos. Porém, não estamos falando dessa taxa. Trata-se uma taxa adicional a esses R$ 7, que cobrará por cada minuto que o passageiro demorar para aparecer. Mas ela só começará a ser contada depois de transcorridos os 5 minutos iniciais. Especula-se que o passageiro pagará, depois dos 5 minutos iniciais, uma taxa semelhante ao valor da própria corrida pelos minutos de atraso.

A empresa americana declarou que esse novo modelo deixará as corridas mais dinâmicas e terá potencial até para uma eventual melhora no trânsito em eventos onde muitas pessoas se acumulam chamando táxis e UBER, já que as pessoas tentarão ao máximo evitar pagar essas taxas adicionais. Independentemente dessa taxa, é aconselhável que o passageiro chame o carro somente quando estiver pronto para caminhar até o ponto de encontro, deixando as corridas melhores para as duas partes.



Como funciona no exterior? Exemplo da Austrália

No país dos cangurus a aplicação das taxas de espera funciona um pouco diferente do país do Carnaval.

A partir de 2 de maio de 2018, a UBER aumentou a taxa de espera para o UBER X de 55 centavos de dólar para 60 centavos de dólar. A UBER da Austrália declarou que, com essa medida, esperava que a maioria dos motoristas-parceiros começassem a fazer mais dinheiro como resultado dessa mudança.

Aqui está um exemplo de como o tempo de espera é calculado na Austrália (e pode ser copiado no Brasil):

Cenário: Um motorista-parceiro chega no local de encontro com o passageiro e espera por 3 minutos e 30 segundos até que o passageiro aparece e o motorista pode iniciar a viagem.

O tempo pago começará a acumular com 2 minutos de espera do motorista (no Brasil será 5 minutos).

Depois que a taxa começou a ser contada, passou-se 1 minuto e 30 segundos até a chegada do passageiro. Portanto, o motorista receberá AU$ 0,60 X 2 = AU$ 0,90.

Vamos criar consciência

Ou seja, por apenas 1 minuto e 30 segundos de espera, o passageiro terá que pagar quase um dólar da Austrália a mais. A taxa brasileira será menor, mas é importante ter essa taxa em mente quando estiver pensando em chamar um UBER. Se estiver na empresa, desça até a frente da empresa. Se estiver em casa, ande até a rua antes de clicar em “Solicitar UBER”. Boa viagem!

Por Bruno Rafael da Silva



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *