Calendário da Caixa de Saques do PIS e FGTS – Novas Regras



A Caixa informa as novas regras para os saques do PIS e do FGTS.

Na segunda-feira, dia 05 de agosto, a Caixa Econômica Federal divulgou um novo calendário para saques nas contas tanto inativas quanto ativas do FGTS – Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. Além destas informações, a Caixa também apresentou novos detalhes sobre as regras tanto para os saques do FGTS quanto do PIS.

Cronograma de saques do FGTS

Para realizar de imediato os saques, os trabalhadores que possuem conta poupança ou corrente na Caixa obedecerão ao seguinte cronograma para o saque do FGTS: a partir de 13 de setembro terá direito ao saque do benefício quem nasceu em janeiro, fevereiro, março ou abril. Já a partir de 27 de setembro será a vez dos beneficiados nascidos em maio, junho, julho e agosto realizarem o saque do dinheiro. A partir de 9 de outubro serão feitas as retiradas de quem nasceu nos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro.



Regras para saque do FGTS

Para ter direito ao saque de determinada conta ela deve ter sido aberta até o dia 24 de julho de 2019, quando a medida provisória sobre este tema foi publicada. Até o dia 25 de agosto o trabalhador precisará escolher por receber pela sua conta o crédito.

Calendário para quem tem conta na Caixa

Acredita-se que cerca de 33 milhões de trabalhadores possuem conta na Caixa. Essas pessoas receberão de forma automática, em depósitos em sua conta, o valor que têm direito.

Quem não quiser sacar o dinheiro, deverá solicitar ao banco o cancelamento deste crédito que será de forma automática. Isso pode ser feito pelo site, internet banking ou até mesmo pelo aplicativo da instituição financeira.



Até abril de 2020 poderá ser solicitada a devolução do dinheiro as contas do FGTS, então a Caixa fará um estorno e os valores serão corrigidos como se não tivessem sido retirados.

Calendário para quem não tem conta na Caixa

A Caixa estima que são mais de 63 milhões de trabalhadores que não tem conta na instituição financeira e para estas pessoas o cronograma é diferente.

A partir de 18 de outubro os nascidos em janeiro poderão fazer o saque e só a partir e 25 de outubro, quem nasceu em fevereiro. A partir de 8 de novembro será a vez dos aniversariantes de março e em 22 de novembro, os de abril, seguindo 6 de dezembro os de maio e 18 de dezembro, nascidos em junho.

Em 2020, no dia 10 de janeiro, será a vez de quem nasceu em julho realizar o saque e em 17 de janeiro, os de agosto. O dia 24 de janeiro é a data para os nascidos em setembro e os de outubro, a partir de 7 de fevereiro. Os aniversariantes de novembro serão beneficiados a partir de 14 de fevereiro e os de dezembro, no dia 6 de março.

Valores e pagamentos

Acredita-se que esta medida irá contemplar mais de 5,5 milhões de pessoas, contando tanto com quem não tem conta na Caixa, quanto quem já é cliente da instituição financeira, apresentando pagamento até o dia 31 de março de 2020.

PIS

No caso do PIS estima-se que mais de 10 milhões de pessoas receberão o benefício, contando com mais de R$ 18 bilhões de recursos que serão liberados. Quem estiver cadastrado até o dia 4 de outubro de 1988 no PIS e conta com saldo em conta, terá direito a receber o abono.

Quem possui conta na Caixa receberá a partir de 19 de agosto o PIS. Quem tem mais de 60 anos poderá realizar o saque a partir do dia 26 de agosto. E quem tem até 59 anos, a partir de 2 de setembro.

Por Kika Akita

Dinheiro



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *