Eleição 2018 – Data, Horário, Documentos, Como Justificar, O Que Pode e Não Pode



Confira aqui tudo o que você precisa saber sobre as Eleições 2018.

No primeiro turno destas eleições, milhões de brasileiros estarão indo às urrnas e muitos ainda não regularizaram sua situação junto à Justiça Eleitoral. Quem já procurou deixar tudo certo para o domingo de votação, já está com o título de eleitor em mãos e a 'colinha' para não errar o voto, ainda precisa ficar atento a outros detalhes, confira:

Horário da votação: a seção eleitoral inicia a votação às 8 horas em ponto e termina às 17 horas. Algumas pessoas gostam de ir logo no início da manhã para ter o resto do dia livre, mas outras acham este horário mais tumultuado e deixam para votar mais no final da tarde, já perto do fim do prazo. Quem escolher esta segunda opção precisa tomar muito cuidado, pois podem surgir imprevistos, o carro pode estragar na hora de sair, ou o ônibus atrasar e até mesmo cair um temporal muito forte. O bom mesmo é não se arriscar, então evite deixar para votar em cima da hora.



Local de votação: é surpreendente o número de eleitores que deixam para verificar o endereço de onde deverão votar no dia da eleição. Quem não sabe onde votar é só acessar o site do TSE e realizar a consulta, informando os dados solicitados, assim, quando chegar domingo, saberá exatamente onde deve ir. Se for um local mais distante é bom verificar com antecedência o melhor caminho, para não ter atraso no dia e quem precisar usar transporte público, ficar atento aos horários.

Documento: é importante levar um documento que tenha foto, como a carteira de identidade ou de habilitação. Não são aceitas cópias, ainda que autenticadas, nem certidão de casamento ou nascimento.

O que é ou não permitido: tome muito cuidado com alguns detalhes antes de sair de casa, por exemplo, nada de levar bandeiras, broches e nem adesivos. Nada de levar celular para a cabina de votação e se levar, mantenha o aparelho no bolso e desligado.



O voto: na hora de votar é permitido recorrer a uma colinha. Anote os números de seus candidatos e mantenha o papel bem guardado, inclusive depois do voto.

Justificando o voto: quem não puder comparecer ao local de votação no domingo, deve justificar sua ausência e se houver segundo turno, é preciso justificar novamente. Esta justificativa pode ser feita no domingo de eleição, ou no prazo máximo de 60 dias após a votação. O formulário de justificativa pode ser obtido com antecedência, mas quem preferir, poderá pegá-lo no domingo mesmo, em qualquer local onde a votação esteja sendo realizada.

A votação do primeiro turno será no domingo, dia 7 de outubro, quando os brasileiros irão votar para escolher o presidente, deputados, senadores e também governadores.

A votação é feita na urna eletrônica e o eleitor que quiser votar apenas no partido, deve digitar os dois primeiros números do partido de sua escolha. Caso digite o número errado, é só apertar a tecla 'CORRIGE' e digitar novamente. Estando tudo certo, é só apertar a tecla 'CONFIRMA'. No final, a urna eletrônica exibirá a palavra 'FIM' e só depois disso é que seus votos estarão todos registrados. Se houver algum problema, informe o mesário imediatamente.

Tome cuidado com a roupa que irá usar no domingo de votação, pois 1 de cada 5 denúncias relacionadas a crimes eleitorais estão ligadas ao vestuário inadequado. Se você usar uma roupa que seja considerada propaganda eleitoral, poderá ter sérios problemas. O ideal é ir com uma roupa sem nenhum tipo de informações sobre os candidatos, assim, estará tranquilo para votar.

E tome cuidado para não se envolver em confusão, evite ficar discutindo sobre política no local de votação, deixe esse assunto para quando chegar em casa ou encontrar os amigos em outros lugares.

Por Russel

Related Post



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *