Horário de Verão 2018/2019 – Quando Começa?



Saiba aqui a data de início e término do Horário de Verão 2018/2019.

O brasileiro está acostumado a todos os anos adiantar o relógio em uma hora no mês de outubro, que é quando começa o Horário de Verão, a medida vem sendo adotada há anos para ajudar na economia de energia elétrica, porém, este ano a data foi alterada para o mês de novembro, por causa das eleições. Este ano, o relógio deverá ser adiantado em uma hora a partir do dia 4 de novembro, quando terá início o Horário de Verão 2018, que durará por três meses, até o dia 16 de fevereiro de 2019, que será o terceiro sábado do mês e aí será o momento de atrasar o relógio em uma hora.

No final de 2017, o presidente Michel Temer aprovou um decreto reduzindo o horário de verão neste ano para evitar problemas nas eleições. Os estados que este ano irão aderir o Horário de Verão são: Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Rio de Janeiro, São Paulo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e também o Distrito Federal.



Com essa mudança, várias regiões do país terão horários diferentes, por exemplo, a região oeste do Amazonas e também o Acre, estarão 3 horas atrasados em relação ao horário de Brasília. Roraima, o leste do Amazonas e Rondônia, ficarão 2 horas atrás do horário de Brasília.

Muitos brasileiros acabam se confundindo com o horário de verão e sempre erram a hora no dia seguinte, mas felizmente como o relógio é adiantado em uma hora às zero hora do domingo, os transtornos são menores, principalmente para quem tem que levar cedo no decorrer da semana. E esse ano será preciso ter atenção extra, já que ninguém está acostumado com a mudança de horário no mês de novembro.

E essa dica vale também para quem mora nos estados onde não será preciso adiantar o relógio em uma hora. Quem for viajar de um estado para o outro a partir de novembro, precisa ficar atento ao horário do estado para onde está indo. Esse ano o horário de verão começa no primeiro domingo logo após o segundo turno das eleições. Michel Temer, em conjunto com o Ministério de Minas e Energia, decidiu que assim seria melhor para o país, evitando problemas no dia da votação e também para a apuração dos votos.



Somente os estados do Sudeste, Sul e Centro-Oeste é que estarão adiantado o relógio em uma hora no dia 4 de outubro, os estados do Nordeste e Norte não irão participar desta mudança. Em 2014 vários problemas foram registrados no processo eleitoral por causa da mudança de horário naquele ano, pois a votação foi encerrada às 17 horas, só que no Norte e Nordeste do país, as seções de votação continuaram abertas por mais uma hora, em relação ao restante do Brasil.

A mudança em relação ao Horário de Verão para este ano refere-se apenas ao início do mesmo, o término continuará sendo no terceiro domingo de fevereiro. O TSE – Tribunal Superior Eleitoral, solicitou a Michel Temer que providenciasse tal mudança para evitar episódios como o que aconteceu também no Acre, onde a situação foi ainda pior, pois as urnas só puderam ser fechadas 3 horas após a contagem de votos já ter começado no Centro-Oeste, Sul e Sudeste do Brasil.

Fim do horário de verão

O horário de verão sempre dividiu a opinião dos brasileiros e o governo até já chegou a estudar a possibilidade de terminar com o mesmo. É que o Ministério de Minas Energia realizou um estudo e constatou que a economia de energia elétrica não está mais relacionada apenas à questão do horário.

Hoje, o consumo de energia aumenta no Brasil nos horários mais quentes, ou seja, adiantar o relógio em uma hora não resolve esta questão.

Por enquanto, o horário de verão continua sendo utilizado, mas seu futuro é incerto.

Por Russel

Related Post



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *