Lua Azul – O Que é, Quando Acontece e Como Ver

Categoria: Ciência, Notícias 75 0

  

Fenômeno é raro e não acontecia desde 1982.

Nesta quarta-feira, dia 31 de janeiro, a lua terá destaque principal no céu. Para os apaixonados por astros, essa noite fará muito sucesso já que acontecerá algo não muito comum no céu: um eclipse lunar coincidirá com a famosa Super Lua, essa que já ocorreu uma vez no mês de janeiro de 2018. Esse fenômeno é raro, não acontece desde o ano de 1982. Quem divulgou a informação de que o fenômeno vai acontecer foi o Instituto de Astrofísica das Ilhas Canária (IAC – Espanha), que se localiza na Espanha. Saiba mais sobre esse fenômeno aqui no post!

Lua Azul ocorre na noite de 31 de janeiro

A coincidência de um eclipse lunar com a super lua é chamada pela imprensa americana de “Lua Azul”, mas esse fator não está em nada ligado com a cor da lua, segundo o IAC.

Entenda o eclipse

Os eclipses lunares acontecem quando a Lua transita pela sombra da Terra, mas isso não ocorre todos os meses, já que a órbita da Lua está um pouco inclinada em relação ao Sol e a Terra (relação eclíptica).

Durante a totalidade do eclipse, a Lua não sai de vista, mas ocorre o efeito de mudança de cor, ela passa a ficar com a tonalidade um tanto avermelhada, é por esse motivo que nas redes sociais o fenômeno ganhou nome de Lua de Sangue. Esse eclipse será o primeiro de dois no ano de 2018, o segundo ocorrerá no dia 27 de julho de 2018.

Entenda a Super Lua

A ocorrência da Super Lua está ligada diretamente ao ponto que a órbita da Lua possuir formato de elipse e por isso ela fica por vezes mais distante da Terra (fenômeno chamado apogeu) ou mais perto do nosso planeta (denominado como perigeu).

Durante a ocorrência das Super Luas (a lua cheia ocorre justamente perto do fenômeno perigeu), o diâmetro da Lua pode aumentar quase 15% do brilho, cerca de 30% mais que no período chamado apogeu.



Mas segundo a NASA, o Brasil só conseguirá assistir o eclipse lunar nas cidades do Norte do país, a maior parte do estado do Acre conseguirá visualizar o fenômeno. O resto do país conseguirá visualizar a Super Lua e o eclipse lunar.

Com que frequência esses fenômenos ocorrem?

Os fenômenos ditos como eclipses são bem comuns, no geral acontecem 2 vezes a cada ano em algum lugar do mundo. Já a Super Lua é ainda mais comum, ocorre de 2 a 3 vezes por ano. A Lua Azul (incidência dos dois fenômenos juntos) ocorre 1 vez a cada 2 a 3 anos. Depois desta quarta-feira, dia 31, a próxima Super Lua irá ocorrer apenas no dia 21 de janeiro de 2019, e a próxima Lua Azul acontecerá no dia 31 de março.

Não se esqueça que desta vez, a lua azul que ocorrerá no dia 31 de janeiro só poderá ser visualizada nas cidades do norte do Brasil. Mesmo assim, a Super Lua poderá ser vista em todo o território nacional. Não perca o visual!

Qual é o melhor jeito para visualizar os fenômenos?

Você não precisa de nenhum instrumento especial de visualização para olhar a Super Lua ou a Lua Azul. Basta ir até um local plano, aberto, que lhe possibilite enxergar o céu aberto. É mais fácil e melhor observar a Lua quando ela se encontra de certa forma mais baixa no horizonte, ela estará com aspecto mais amarelado. Não deixe de conferir o tamanho da lua em relação aos prédios e árvores. Dessa maneira, com os objetos perto, as fotografias sairão ainda mais bonitas!

Carolina B.



Artigos Relacionados

Deixar um Comentário