DPVAT 2018 MG – Como Pagar

Categoria: Carros, Economia, Notícias 131 0

  

Saiba aqui mais detalhes sobre o Pagamento do DPVAT 2018 no estado de Minas Gerais.

O início de um ano, para muitos, é sinônimo de recomeço e vida nova. No entanto, sabe-se que com um ano que se inicia, recomeça também as dívidas que devem ser quitadas, isto, IPVA, DPVAT, IPTU, entre outras coisas como matrículas, lista de material escolar, entre outras despesas que são extremamente necessárias e não podem simplesmente ser ignoradas.

Por isso, meu caro leitor pertencente ao estado de Minas Gerais, já aviso que é bom ir preparando o bolso, já que está chegando a hora de quitar a dívida do DPVAT. É isso mesmo! Se é um dos milhões de brasileiros que se sentem na obrigação de pagar o valor estabelecido em dia e ficar livre de uma dívida logo no início de 2018, abaixo vão algumas informações, assim como dicas variadas para os cidadãos que desejam pagar o DPVAT, mas que de alguma forma esbarram em algumas dúvidas.

Primeiramente, é necessário esclarecer para quem não sabe, o que é DPVAT e, principalmente, o porquê de ser tão importante mantê-lo em dia.

Então, para quem não sabe, DPVAT é uma abreviação para Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres. É também conhecido por ser um Seguro Obrigatório, já que ele deve ser quitado todos os anos, juntamente com o IPVA, seja em Cota Única ou na primeira prestação, caso o cidadão realize a escolha de pagar em parcelas.

Vale ressaltar o motivo pelo qual o DPVAT tornou-se um tipo se seguro obrigatório tão importante. Isto é, caso aconteça algum acidente em vias terrestres que levem os envolvidos ao óbito ou à invalidez de forma permanente, com o DPVAT em dia, a vítima tem o direito de receber indenização, além de ser reembolsada por todas as despesas gastas com o tratamento médico necessário para uma boa recuperação.

Dessa forma, percebe-se que o DPVAT é importante para que vítimas de acidentes não fiquem desamparadas de forma alguma. Sendo válida, dessa forma, para passageiros e motoristas, vítimas e responsáveis por causar o acidente.

Com isso, já deu para perceber a importância de estar com o DPVAT em dia. Dessa maneira, para realizar o pagamento dentro do território do estado de Minas Gerais, é preciso identificar em qual categoria o seu veículo se encaixa e a partir daí, gerar o boleto e ir até uma agência bancária com o intuito de realizar o pagamento.

Desse modo, veículos como micro-ônibus, lotação e outros veículos que são usados, podem gerar o boleto no seguinte endereço eletrônico: https://pagamento.dpvatsegurodotransito.com.br/Index.aspx.



Os outros veículos que transportam pessoas sem a cobrança do frete devem tirar a guia de pagamento no endereço eletrônico a seguir: https://pagamento.dpvatsegurodotransito.com.br/Index.aspx.

Já os veículos que possuem o primeiro licenciamento e são 0 Km, pode gerar a guia neste link: https://pagamento.dpvatsegurodotransito.com.br/Index.aspx.

Por fim, os veículos que não precisam pagar o IPVA agora, devem pagar o DPVAT no momento que realizarem o processo de emplacamento.

Em todas essas categorias, o DPVAT pode ser quitado nos seguintes bancos: Safra, Santander, Itaú, Caixa, Bradesco, BMB, Bancoob e, por fim, Banco do Brasil.

O cidadão pode saber até quando pode pagar o DPVAT ao entrar no seguinte link: https://www.seguradoralider.com.br/Seguro-DPVAT/Calendario-de-Pagamento.

Desse modo, é necessário colocar algumas informações como final da placa, Unidade Federativa, identificar qual é a categoria pertencente ao veículo, assim como colocar como deve será realizado o pagamento, isto é, de maneira à vista ou parcelada.

Ter os documentos do seu veículo em dia é extremamente importante, uma vez que, pelo menos em termos, parte do dinheiro arrecadado deveria ser direcionado para a criação e manutenção das estradas e vias federais. Além disso, é um modo de transportar as pessoas que estão em seu veículo de forma mais segura. Sem contar que, caso o motorista seja parado em uma blitz e os documentos do veículo não estiverem em dia, os policiais responsáveis por fazer a operação têm o direito de aplicar multa, retirar pontos na Carteira de Habilitação Nacional e pode correr o risco de ser detido e preso. Portanto, seja responsável e faça a sua parte.

Ana Paula Oliveira Coimbra



Artigos Relacionados

Deixar um Comentário