DPVAT 2018 RS – Como Pagar, Valor, Calendário de Pagamento

Categoria: Carros, Economia, Notícias 107 0

  

Saiba aqui todos os detalhes sobre o Pagamento do DPVAT 2018 no estado do Rio Grande do Sul.

A grande maioria dos cidadãos de qualquer lugar no mundo paga uma série de taxas e cobranças para diferentes finalidades ao longo da vida, desde cobranças para algo coletivo até para questões individuais e essa realidade não é diferente no Brasil. Pelo contrário, é em solo brasileiro um dos países que mais se cobra imposto no mundo e as pessoas são obrigadas a passar para não ter problema em relação aos bens que possuem. E uma das taxas que é cobrada anualmente em toda a nação é o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre, o DPVAT. Caso você seja motorista ou tenha um veículo no seu nome no estado do Rio Grande do Sul leia o texto abaixo e saiba todas as informações em relação à cobrança deste ano.

O que vem a ser o DPVAT?

Criado no início dos anos 70, mais precisamente no ano de 1974, o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre é uma taxa cobrada todo início de ano para motoristas em todo o Brasil. Esse dinheiro serve para ser repassado para pessoas que foram vítimas de acidentes. Não importa se era a pessoa que estava conduzindo o veículo de via terrestre, se estava apenas de acompanhante ou se transitava no local e acabou sendo atingindo.

Esse seguro é recolhido de todos os motoristas e é entregue as vítimas uma quantia em dinheiro para que elas possam pagar as contas das despesas hospitalares que tiveram, em caso de ajuda se elas ficarem inválidas por conta do acidente de trânsito ou então o valor é repassado para os familiares mais próximo se infelizmente as vítimas chegarem a falecer. Todo o controle e sistema o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre é controlado pela a Líder – DPVAT.

DPVAT e valores:

As pessoas que são vítimas de acidentes de trânsito podem dar entrada ao processo para receber esse seguro. Com isso, os familiares ou até os acidentados possuem um prazo de mais de 20 dias para que isso ocorra. A quantia que cada pessoa vai receber difere em relação ao grau das conseqüências do acidente para despesas do hospital, por exemplo, costuma –se receber menos de R$ 3.000,00 reais e em caso de morte ou paralisação da pessoa esse valor sobe para acima de R$ 11.000,00 reais. A vítima recebe essa quantia por depósito bancário.

Já para o motorista o valor do pagamento do seguro também difere em relação ao veículo que ele possui. Para este ano de 2018, no estado do Rio Grande do Sul, a expectativa é que os boletos do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre tenham aproximadamente estes valores:

Carros particulares; automóveis para transporte de passageiros (táxis) e veículos de auto – escola : até R$ 70,00 reais.

Ônibus e suas variações com mais de 10 acentos para os passageiros: até R$ 260,00 reais.



Micro ônibus com até 10 passageiros e veículos maiores de órgãos municipais: até 160,00 reais.

Ciclomotores: até R$ 90,00 reais.

Motocicletas: até R$ 190,00 reais.

Caminhonetes estilo pick – up e automóveis usados para meio rural: até R$ 75,00 reais.

Pagamentos do DPVAT:

Se você reside no estado do Rio Grande do Sul, saiba que neste ano houve uma mudança. O DPVAT, que anteriormente era cobrado junto ao IPVA, não vai ser cobrado desta forma em 2018. Para que você consiga quitar o boleto é necessário que você entre no seguinte site: https://www.seguradoralider.com.br/Pages/Saiba-como-pagar.aspx. No mapa ao lado, clique em “RS” que corresponde a Rio Grande do Sul. Após isso, clique no link que aparecer na parte inferior da tela. Após isso, uma nova página vai surgir e informe todas as informações que forem pedidas e depois clique em “confirmar”. O boleto vai ser gerado e lá vai estar a data que deve ser pago. Lembrando que não é possível dividir o valor total. Boa sorte!

Isabela Castro.



Artigos Relacionados

Deixar um Comentário