Brasileirão Série A 2017 – Chances de Sul-Americana 2018

Categoria: Esportes, Futebol, Notícias 67 0

  

Confira aqui as chances dos clubes de se classificarem para a Copa Sul-Americana 2018, após 24 rodadas.

Criada no ano de 2002 em substituição de outras competições de futebol, a Copa Sul-Americana é o segundo torneio mais importante do continente americano. Participam da competição times que fazem parte dos países do Sul do continente americano. Hoje em termos de importância, ela está atrás somente da Copa Libertadores. Aliás, o time campeão da Copa Sul-Americana consegue uma vaga direto na Libertadores. Atualmente, cerca de seis times brasileiros podem participar da Sul-Americana, são as equipes que ocupam da 7ª posição a 12ª colocação na tabela da liga nacional. Conheça agora a chance de todos os times brasileiros que podem participar da Sul-Americana em 2018.

A lista a seguir leva em consideração a tabela do Campeonato Brasileiro de Futebol de 2017, a tabela está de acordo com a classificação dos times que se prepararam para participar da 25ª rodada, que vai ser iniciada no sábado, dia 23 de setembro de 2017. Nesta lista vão ser apresentados os números de dois portais, o “Chance de Gol” do Uol e do “Departamento de Matemática” da Universidade Federal de Minas Gerais, o “MAT” UFMG. Cada um dessas instituições tem as suas próprias regras para definir a probabilidade de cada time, muitas vezes os critérios usados são: as chances do time se classificar para a Copa Libertadores, a qualidade das peças de cada elenco, a experiência em competições internacionais, a classificação que alcançou no Campeonato Brasileiro do ano anterior, a capacidade da comissão técnica em montar os elencos, os investimentos de cada clube para a temporada, dentre outras características.

Lembrando que os primeiros seis times possuem grandes chances de se classificarem para a Copa Libertadores da América. Portanto, as chances deles irem para a Sul-Americana são pequenas, a menos que eles entrem em uma sequência de resultados ruins e caíam de posições na tabela. Conheça, neste momento, as possibilidades de cada time.

1º lugar – Corinthians: 53 pontos: quase 0.00 % para o “Chance de Gol” do Uol e 0.025% para a “MAT” UFMG.

2º lugar – Grêmio: 43 pontos: 2.4 % para o “Chance de Gol” do Uol e 9.1% para o “MAT” UFMG.

3º lugar – Santos: 41 pontos: 7.4 % para o “Chance de Gol” do Uol e 14.5% para o “MAT” UFMG.

4º lugar – Palmeiras: 40 pontos: 14.3 % para o “Chance de Gol” do Uol e 15.6% para o “MAT” UFMG.

5º lugar – Flamengo: 38 pontos: 26.4 % para o “Chance de Gol” do Uol e 31.4% para o “MAT” UFMG.

6º lugar – Cruzeiro: 37 pontos: 32.2 % para o “Chance de Gol” do Uol e 38.7% para o “MAT” UFMG.

7º lugar – Botafogo: 37 pontos: 45.4 % para o “Chance de Gol” do Uol e 34.0% para o “MAT” UFMG.

8º lugar – Atlético Paranaense: 34 pontos: 75.1 % para o “Chance de Gol” do Uol e 41.9% para o “MAT” UFMG.

9º lugar – Vasco: 31 pontos: 46.8 % para o “Chance de Gol” do Uol e 30.6% para o “MAT” UFMG.



10º lugar – Atlético Mineiro: 31 pontos: 71.4 % para o “Chance de Gol” do Uol e 30.5% para o “MAT” UFMG.

11º lugar: Fluminense: 31 pontos: 66.2 % para o “Chance de Gol” do Uol e 29.8% para o “MAT” UFMG.

12º lugar: Sport: 29 pontos: 33.2 % para o “Chance de Gol” do Uol e 20.4% para o “MAT” UFMG.

13º lugar: Avaí: 29 pontos: 9.6 % para o “Chance de Gol” do Uol e 22.1% para o “MAT” UFMG.

14º lugar: Chapecoense: 28 pontos: 44.2 % para o “Chance de Gol” do Uol e 17.2% para o “MAT” UFMG.

15º lugar: Ponte Preta: 28 pontos: 18.4 % para o “Chance de Gol” do Uol e 12.5% para o “MAT” UFMG.

16º lugar: Bahia: 27 pontos: 36.9 % para o “Chance de Gol” do Uol e 11.7% para o “MAT” UFMG.

17º lugar: São Paulo: 27 pontos: 37.8 % para o “Chance de Gol” do Uol e 12.6% para o “MAT” UFMG.

18º lugar: Coritiba: 27 pontos: 16.7 % para o “Chance de Gol” do Uol e 11.7% para o “MAT” UFMG.

19º lugar: Vitória: 26 pontos: 14.4 % para o “Chance de Gol” do Uol e 12.5% para o “MAT” UFMG.

20º lugar: Atlético Goianiense: 22 pontos: 1.2 % para o “Chance de Gol” do Uol e 3.0 % para o “MAT” UFMG.

Isabela Castro.



Artigos Relacionados

Deixar um Comentário