Litecoin – A Prata das Criptomoedas

Categoria: Dinheiro, Notícias 294 0

  

A Litecoin é considerada a prata das criptomoedas, tendo muitas vantagens em sua aquisição.

As moedas alternativas estão sendo muito procuradas. As pessoas estão começando a se interessar um pouco mais sobre elas. Sabe por quê?

Por que envolvem valores reais, dinheiro, valorização rápida, descentralização, segurança, criptografia, facilidades e muitas outras vantagens.

Neste artigo nós vamos falar sobre a “Prata” das criptomoedas. Tendo em vista que, o “Ouro” é o Bitcoin ou BTC abreviado. O assunto deste post é a Criptomoeda Litecoin, que vem tomando espaço e também já é muito falada.

Mas afinal, o que são Criptomoedas?

Criptomoeda, ou dinheiro digital como são chamados por algumas pessoas, é um meio de troca que são usadas em algumas transações financeiras, no entanto, usa da criptografia apara controlar a criação de novas moedas únicas.

O Bitcoin é a primeira moeda digital e foi desenvolvida em 2009 por um programador chamado Satoshi Nakamoto, cuja a real identidade ainda não foi confirmada.

O que chama tanto a atenção pelas Criptomoedas é que elas são descentralizadas, ou seja, não existem instituições financeiras que controlem sua criação e movimentação, além das transações que são feitas.

A “Prata” das Criptomoedas – Litecoin

A alta no valor das criptomoedas nos últimos meses tem balançado o mercado financeiro, as ações e investidores estão bem interessados neste novo modelo de moedas e por conta disso, muitas outras moedas têm sido desenvolvidas.

Outro dinheiro criptográfico que está chamando a atenção é o Litecoin ou LTC abreviado. Para algumas pessoas o Litecoin tem sido uma alternativa ao Bitcoin, tendo em vista seu alto valor de aquisição, e está sendo considerado a “Prata” das criptomoedas.

O potencial do Litecoin está sendo estabelecido por conta que o seu sistema se mostra confiável e de acordo com informações de alguns especialistas, possui algumas soluções técnicas para alguns problemas que já foram encontrados no Bitcoin.

Criador do Litecoin

Não seguindo a mesma linha do Bitcoin que não há um criador anônimo, onde se sabe que seu desenvolvedor é um pseudônimo chamado Satoshi Nakamoto, o Litecoin é o inverso disso.

Charles Lee é o nome. Formado pelo MIT, o desenvolvedor do Litecoin, é um engenheiro de software onde já foi funcionário do Google, ou seja, conhece muito bem quando o assunto são códigos.



Ele ajudou a escrever o código do Sistema Operacional que mantém o gigante das buscas, o Chrome OS. Para complementar sua rotina de trabalho, simplesmente decidiu reescrever o código do Bitcoin, visando à correção de algumas falhas que enxergou no desenvolvimento da moeda digital original.

Em 2011, no mês de outubro, Charles Lee, lançou a moeda criptografada mais aperfeiçoada em relação ao Bitcoin, que mais para frente ficou conhecida como Litecoin, hoje reconhecida como a “Prata” das moedas digitais.

A ideia era essa mesmo, ser prata do ouro (BTC), ou seja, uma outra opção confiável, mais leve e também abundante.

Diferença entre LTC e BTC

A diferença entre uma moeda e outra está na potencialidade que o Litecoin possui. Em relação ao projeto original (Bitcoin) ele foi desenhado para liberar 4 vezes mais moedas do que o Bitcoin.

Esse potencial foi feito com a intenção de evitar que houvesse a escassez ao decorrer do tempo e também se torne mais cara pela dificuldade da aquisição.

Valor do Litecoin

Até a publicação deste artigo 1 LTC estava sendo avaliado em R$ 160,23 e 1 BTC equivale a R$ 9.260,87.

A forma de adquirir Litecoin é semelhante a do Bitcoin, por meio de Exchanges (Casas de Câmbio de Criptomedas) que convertem valores reais em moedas digitais.

E aí? Vai comprar Litecoins ou Bitcoins? Prata ou Ouro?

Gostou deste artigo? Comente e compartilhe nas redes sociais.

Por Marcio Ferraz

Litecoin



Artigos Relacionados

Deixar um Comentário