Saque do FGTS de Contas Inativas foi antecipado para 10 de junho

Categoria: Dinheiro, FGTS, Notícias 183 0

  

Nascidos nos meses de setembro, outubro e novembro poderão sacar o dinheiro das contas inativas do FGTS a partir do dia 10 de junho, sábado.

Para a alegria de quem estava na expectativa da chegada do dia 16 deste mês de junho, a Caixa Econômica Federal acaba de anunciar que os pagamentos referentes ao FGTS de Contas Inativas já estarão disponíveis para saque a partir do próximo sábado, dia 10 de junho. Nesse sentido, poderão realizar o saque as pessoas nascidas nos meses de setembro, outubro e também novembro.

Os pagamentos do Fundo Garantidor por Tempo de Serviço estão na sua quarta fase, sendo que a primeira teve início no mês de fevereiro e o encerramento está previsto para 31 de julho.

As pessoas que optaram por receber o saldo em conta também terão o seu crédito também depositado com antecedência.

Segundo a Caixa o motivo desse antecipamento se deve ao fato de que na próxima semana há um feriado nacional, mais precisamente no dia 15, quinta-feira.

Para que todos possam realizar o saque de forma tranquila a Caixa estará com mais de 2 mil agências abertas no sábado, funcionando em horário que vai de 9h até às 15h.

Na segunda, dia 12, terça dia 13 e quarta-feira dia 14, as agências também começarão o expediente 2 horas mais cedo, a partir das 7h, para que assim não sejam formadas filas.



Nesta quarta fase de saques do FGTS de Contas Inativas estão previstos a realização de saques de mais de 7,5 milhões de brasileiros, que devem receber o total de R$ 10,9 bilhões, o que representa 25% do total do valor a ser disponibilizado no programa.

Já a quinta e última fase de pagamentos do programa está prevista para ter início no dia 14 do mês de julho. Nesta fase os contemplados serão os trabalhadores com data de nascimento no mês de dezembro.

Quem possuía o direito ao saldo de FGTS de contas inativas em qualquer outra fase e não sacou o dinheiro, o mesmo ficará disponível até o dia 31 do mês de julho, sendo esta a data final para o saque.

A partir desta data o dinheiro restante será transferido para o Fundo de Amparo ao Trabalhador, o FAT, e ninguém mais poderá sacá-lo.

Se você possui o direito a esse saldo, não deixe para a última hora.

Por Sirlene Montes

Dinheiro



Artigos Relacionados

Deixar um Comentário