Resultado do Sisu 2017

Categoria: Notícias, Vestibulares 20 0

  

MEC divulgou o resultado oficial do Sisu deste ano. Foram 2.498.261 alunos inscritos e as inscrições chegaram a mais de 4.800.

O MEC (Ministério da Educação) divulgou o resultado oficial do Sisu (Sistema de Seleção Unificada) referente ao primeiro semestre do ano de 2017, para alunos que desejam estudar em faculdades do ensino superior. Para conferir a lista que traz os selecionados do processo, basta acessar: sisu.mec.gov.br.

Segundo dados do MEC, foram 2.498.261 de alunos no total inscritos no Sisu. Contudo, outro dado observado é que as inscrições chegaram, praticamente, ao dobro da quantidade de estudantes inscritos, isso porque a maioria escolheu dois cursos para pleitear vaga nas instituições. Dessa forma, as inscrições chegaram a mais de 4.800.

No caso, são disponibilizadas pelo Sisu cerca de 238 mil vagas em 131 instituições públicas de todo o país. O MEC ainda deve divulgar as opções de vagas disponíveis por Estado. Lembrando que as datas para matrícula são as seguintes: de 3 a 7 de fevereiro.

A convocação para candidatos que constam na lista de espera será divulgada pelo Ministério da Educação a partir do dia 16 de fevereiro. Quem deseja participar dessa lista, precisa se inscrever até o dia 10 de fevereiro.

Como ocorre o processo de escolha?

Os aprovados no programa tiveram de passar pelo Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Quem zerou na redação, por exemplo, automaticamente não foi aprovado para o Sisu.



Quem obtém boa pontuação no Enem, em geral, tem muitas chances de ser incluído na lista de selecionados. No portal do MEC, na seção dedicada ao processo (http://sisu.mec.gov.br/), é possível consultar as notas e classificação, bem como, conferir lista de resultados e de espera.

É importante manter atenção às datas para inscrições nas instituições. Outro dado importante: para acessar o portal, será preciso inserir o número de inscrição e senhas utilizadas no Enem da edição passada, em 2016.

Cotas – Sisu:

Alunos que estudaram em escolas públicas têm direito à reserva de 50% das vagas disponíveis. Essas cotas valem para todas as instituições públicas que participam do Sisu, segundo o que determina a Lei nº 12.711, de 29 de agosto de 2012.

Segundo MEC, as cotas levam em consideração requisitos como renda bruta de até um salário mínimo por pessoa e também há opções para quem se autodeclara negro, pardo ou indígena, as chamadas cotas raciais. Outras dúvidas sobre o programa do governo federal podem ser acessadas na página do MEC (sisu.mec.gov.br/tire-suas-duvidas#nota_corte).

Por Letícia Veloso

Sisu 2017



Tags:

Artigos Relacionados

Deixar um Comentário